FALSIDADE IDEOLÓGICA

É o um tipo de fraude que consiste na adulteração de documento, publico ou particular, com o fito de obter vantagem para si ou para outrem – ou mesmo para prejudicar terceiro.

Direito brasileiro

O crime de falsidade ideológica é a figura tipificada no artigo 299 do código penal brasileiro, que tem a seguinte redação:
Omitir, em documento publico ou particular, declaração que dele devia constar, ou  nele  inserir  ou fazer  inserir declaração falsa ou diversa da que  devia  ser  escrita, com  o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre o fato juridicamente relevante.

Para que o delito se configure é necessário que a forma do documento seja verdadeira, ao passo que a fraude esteja inserida no conteúdo.

Para este tipo de crime a lei prevê duas penas distintas:
1. Reclusão de um a cinco anos, e multa – quando o documento objeto da fraude é publico;
2. Reclusão de um a três anos, e multa – se o documento for particular.

Anúncios

0 Responses to “FALSIDADE IDEOLÓGICA”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Bem-vindo! O que acessar aqui?

Blog Couto Lex's de utilidade pública, com informação especializada. Contém orientações essenciais sobre a temática na área jurídica e outras considerações transdisciplinares. Para facilitar o seu contato e esclarecer dúvidas sobre o assunto, veja abaixo um sumário dos assuntos já abordados nos posts.

Parceiro do Blog

 HG Couto Consultoria Publicações Eletrônicas

HG Couto Consultoria Publicações Eletrônicas

Macetes Esquematizados para Concursos Públicos

No estudo, alunos que usaram cadernos anotaram menos mas lembraram-se melhor do conteúdo

Anuncie aqui

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.