REFORMA PROTESTANTE, UMA VOLTA ÀS ESCRITURAS

A Reforma Protestante, do século dezesseis, teve início no dia 31 de outubro de 1517, quando o monge agostiniano, Martinho Lutero, fixou nas portas da igreja de Wittenberg, na Alemanha, as 95 teses contra as 
indulgências, rompendo assim, com os desmandos do papado e com os desvios doutrinários da igreja.

A reforma não foi uma inovação da igreja, mas uma volta às escrituras. Seu propósito foi fazer uma correção de rota e seguir pelas mesmas pegadas trilhadas pelos apóstolos. A reforma colocou a igreja de volta nos trilhos da verdade.

A verdade de que a Bíblia é a nossa única regra de fé e prática e devemos rejeitar decisivamente todas as doutrinas que não estiveram amparadas pelas escrituras.

A verdade de que a salvação é pela fé e não pelas obras. Não somos salvos pelas obras que fazemos para Deus, mas pela obra que Cristo fez por nós na cruz.

A verdade de que somos salvos pela graça de Deus e não pelos méritos humanos.

A verdade de que Jesus Cristo é o único mediador entre Deus e os homens, o único Salvador da igreja e o único Senhor do universo.

A verdade de que a Deus pertence o poder, honra e a glória, agora e pelos séculos eternos.

Fonte: Portal IPB. autor Rev. Hernandes Dias Lopes  Diretor executivo da Luz Para o Caminho

Advertisements

0 Responses to “REFORMA PROTESTANTE, UMA VOLTA ÀS ESCRITURAS”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Bem-vindo! O que acessar aqui?

Blog Couto Lex's de utilidade pública, com informação especializada. Contém orientações essenciais sobre a temática na área jurídica e outras considerações transdisciplinares. Para facilitar o seu contato e esclarecer dúvidas sobre o assunto, veja abaixo um sumário dos assuntos já abordados nos posts.

Siga o Blog Via Facebook

Parceiro do Blog

 HG Couto Consultoria Publicações Eletrônicas

HG Couto Consultoria Publicações Eletrônicas

Macetes Esquematizados para Concursos Públicos

Anuncie aqui

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.